Mais de 46% das empresas brasileiras adotaram o regime de home office durante a pandemia do novo coronavírus. Num cenário atípico, uma boa liderança nunca foi tão necessária quanto antes. A liderança humanizada vem se tornando uma pauta cada vez mais falada nos escritórios do país. Mas você sabe o que ela representa e como pode ser aplicada no dia a dia da sua corporação?

É sobre isso que o nosso artigo de hoje trata. Boa leitura!

O que é uma liderança humanizada?

De forma simplificada, um líder humanizado é aquele que enxerga as necessidades individuais de cada um de maneira democrática e agregadora. Às vezes, pode até se envolver com questões que vão além do ambiente de trabalho do seu time, para ajudar no seu desenvolvimento pessoal.

O desenvolvimento pessoal e profissional  caminham juntos, então, é de extrema importância que eles estejam no radar dos líderes.

Alguns dos principais papéis de bons líderes humanizados:

  • Empoderar seus colaboradores
  • Estimular o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional
  • Criar um ambiente de trabalho saudável e produtivo para todos
  • Preocupar-se com o nível se satisfação e felicidade dos colaboradores
  • Participar dos projetos junto com a equipe e não apenas demandar tarefas

Benefícios e características de uma liderança humanizada

Após entender o que é uma liderança mais humana, é necessário entender os benefícios que ela pode trazer para sua empresa. Por que assumir esse papel é benéfico para minha corporação e quais são as características de um bom líder?

Primeiro: o nível de satisfação de seus colaboradores tende a aumentar. Com isso, a produtividade aumenta. Com colaboradores felizes no dia a dia, a tendência é a queda de rotatividade e turnover.

Quais são as principais características que um bom líder deve apresentar para ser caracterizado como humanizado? Veja algumas delas:

  • Tem empatia
  • Lidera pelo exemplo
  • Inspira e influencia seus colaboradores
  • Entende que cada colaborador é único
  • Reconhece os bons trabalhos feito pelos times
  • Apresenta uma comunicação aberta e assertiva
  • Reconhece erros

A liderança humanizada é um ótimo caminho, mas é preciso tomar cuidado também. Apesar de ser sempre alguém disposto a entender os problemas do seu time, o líder não pode deixar de ser firme e cobrar por resultados.

Liderança não humanizada x liderança humanizada

Já sabemos o que caracteriza um líder humanizado e quais são as boas práticas para que ela ocorra. Quais são as características de uma liderança que representaria o oposto disso?

Para começar, um líder não humanizado enxerga seu time de cima para baixo. Com isso, o envolvimento entre as partes é mais na hora de delegar tarefas, sem muita liberdade para os colaboradores participarem do processo de construção com o líder.

Isso pode afetar muito o dia a dia do colaborador. A produtividade, por exemplo, pode cair junto com o seu  interesse em suas tarefas diárias. Essa cadeia pode levar ao aumento de rotatividade de funcionários e à queda da qualidade de trabalho.

Portanto, o que caracteriza um líder não humanizado:

  • Não se atenta ao desenvolvimento pessoal
  • Não joga junto com seu time, somente dita as regras
  • Não dá flexibilidade e liberdade aos colaboradores

As lideranças humanizadas estão cada vez mais em alta nas empresas. Você prefere esse tipo de liderança?

(Visited 41 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.