Feedback – a palavra pode até assustar, mas acredite: ela é uma das ferramentas mais poderosas para ajudar no desenvolvimento profissional. E não é só isso: ela é capaz de transformar vidas e carreiras.

Sabe aquela sensação de estar perdido, sem saber como melhorar, sem saber onde está errando? O feedback é a chave para acabar com tudo isso. Ele fornece informações valiosas para melhorar o desempenho, aprimorar habilidades e alcançar objetivos.

Mas, para que isso aconteça, é preciso saber como dar e receber feedback de forma eficaz. E isso é uma habilidade que pode ser aprendida e aprimorada. Vamos entender um pouco mais sobre o assunto?

O que é Feedback?

Feedback é uma ferramenta de comunicação que visa avaliar o desempenho de uma pessoa colaboradora, destacando pontos positivos e áreas que precisam ser melhoradas.
Apesar de geralmente partir do líder para o liderado, também pode acontecer de forma inversa. É uma via de mão dupla, onde todo mundo sai ganhando!

Um estudo realizado pela ThoughtExchange aponta que 79% dos entrevistados valorizam ter um gestor que se preocupa tanto com seu desenvolvimento pessoal como seu desenvolvimento profissional. Ou seja, é importante que toda empresa esteja atenta e organize essa comunicação de forma clara e respeitosa, permitindo que o profissional possa expor suas individualidades e contribuir para o seu próprio desenvolvimento. 

A escuta ativa é fundamental para encontrar o caminho a ser trilhado em conjunto para o crescimento contínuo e pode trazer diversos benefícios. Olha só:

Benefícios da cultura do Feedback

Fomentar um ambiente onde as pessoas colaboradoras se sintam à vontade para compartilhar ideias traz diversos benefícios. Eles até “vestem a camisa” da empresa! Listamos algumas das vantagens que a implementação do feedback pode trazer para a organização como um todo.

Desenvolvimento pessoal e profissional

Uma avaliação construtiva oferece ao trabalhador uma oportunidade de reflexão sobre suas habilidades e comportamento. Dessa forma,ele pode identificar áreas para aprimorar e, assim, desenvolver-se tanto pessoal quanto profissionalmente.

Melhora no relacionamento interpessoal

Dar um retorno ao colaborador sobre sua performance é uma forma de comunicação clara e efetiva, que pode melhorar o relacionamento entre líderes e pessoas colaboradoras. Isso pode aumentar a confiança e o respeito mútuo, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável.

Motivação

O reconhecimento do trabalho bem feito, que faz parte da cultura do feedback, pode ser uma forma de incentivo para a pessoa colaboradora continuar desempenhando suas atividades de forma excelente. Uma pesquisa da Pulses mostrou que reconhecer a qualidade do trabalho de um profissional faz as equipes estarem entre 2 a 4 vezes mais engajadas. Assim, elas trazem novos projetos e buscam resultados mais rapidamente. 

Alinhamento de objetivos

É essencial que todas as pessoas colaboradoras estejam trabalhando em conjunto em direção a um propósito comum. Para garantir que essa prática seja realizada de forma saudável e organizada, realizar feedbacks constantes é indispensável para o sucesso do funcionamento da empresa.

Isso é só a ponta do iceberg dos inúmeros benefícios que um ambiente que adota a cultura do feedback pode trazer. Mas não acaba por aí! Você sabia que há diferentes tipos de feedback, cada um com seus próprios objetivos e benefícios? No próximo tópico, vamos explorar mais sobre eles. Acompanhe a leitura.

Tipos de Feedback

Os tipos de feedback variam de organização para organização, mas é importante conhecer os diferentes formatos para aplicá-los na situação correta. Aqui, estão os tipos mais comuns de feedback. 

Feedback positivo

É o modelo mais comum e apreciado. Ele é usado para elogiar uma pessoa pelo seu bom desempenho ou comportamento adequado. Quando alguém recebe feedback positivo, sente-se motivado e confiante em sua capacidade. É uma forma de reconhecimento que pode levar a uma maior produtividade e satisfação no trabalho.

Feedback negativo

O feedback negativo é aquele que aponta as falhas e os pontos fracos. Embora possa ser difícil de ouvir, é importante para o desenvolvimento pessoal e profissional. Ao receber esse tipo de retorno, a pessoa colaboradora identificar onde precisa melhorar e tomar medidas para corrigir a situação. Vale ressaltar que o feedback negativo deve ser dado de maneira construtiva, com sugestões de melhoria e apoio para ajudar a pessoa a superar as dificuldades.

Feedback construtivo

É uma combinação de feedback positivo e negativo. Ele deve ser entregue de maneira clara e objetiva com sugestões e soluções práticas para os problemas identificados. Assim, pode ajudar a pessoa colaboradora a aumentar a autoconsciência e a autocrítica, além de fornecer informações valiosas para o crescimento pessoal e profissional.

Feedback de desempenho

Este tipo de feedback é utilizado para avaliar o desempenho de uma pessoa em relação a determinados objetivos ou metas. O feedback de desempenho deve ser específico, objetivo e baseado em dados concretos. Ele pode ser utilizado para identificar as áreas em que a pessoa precisa melhorar e estabelecer metas para ajudá-la a atingir seus objetivos.

Uma pesquisa realizada pela agência de educação corporativa Insperiência mostra que mais de 50% dos líderes não sabem dar feedback. E o motivo é claro: ninguém é treinado para isso, mas assim como qualquer ferramenta, o feedback tem um método de execução. Por isso, nos próximos tópicos, vamos dar algumas dicas práticas para você aprender a dar e receber feedback de maneira construtiva, além de lidar com feedback negativo sem se abalar.

Dicas para dar feedback efetivo

  1. Seja específico e objetivo: Quando for dar feedback, seja claro e direto. Fale sobre comportamentos específicos, situações e exemplos, ao invés de generalizar.
  1. Mantenha o foco no comportamento e não na pessoa: Lembre-se de que o propósito do feedback é ajudar a pessoa a melhorar seu comportamento, não criticar sua personalidade ou caráter. Então, foque nas áreas que precisam ser melhoradas.
  1. Seja honesto, mas construtivo: Feedbacks negativos podem ser difíceis de dar, mas é importante ser honesto. No entanto, ao mesmo tempo, tente ser construtivo, oferecendo sugestões e alternativas para melhorar.
  1. Dê feedback regularmente: Não deve ser uma ocorrência única, mas, sim, uma prática regular. Realize frequentemente, como parte da cultura da sua equipe ou organização.
  1. Esteja aberto a feedback: Lembre-se: é uma via de mão-dupla. Se você espera que os outros recebam feedback de você, esteja aberto a receber também. Aprenda a ouvir, aceitar e aprender com as avaliações que recebe.

Como receber feedback de forma construtiva

  1. Escute atentamente: Quando alguém está dando feedback, ouça com atenção e sem interromper. Tente entender o ponto de vista da outra pessoa e faça perguntas para esclarecer o que foi dito.
  1. Mantenha a mente aberta: Evite ficar na defensiva. Lembre-se de que o feedback é uma oportunidade para melhorar e crescer.
  1. Não leve para o lado pessoal: O feedback não é sobre você como pessoa, mas sobre seu comportamento. Não leve para o lado pessoal e evite se sentir atacado.
  1. Peça mais detalhes: Se você não entendeu algo, peça exemplos específicos de comportamentos que precisam ser melhorados. 
  1. Agradeça o feedback: Mostre que você leva o feedback a sério. Agradeça a pessoa pela orientação e diga que você aprecia a oportunidade de melhorar.

Como lidar com feedback negativo

  1. Mantenha a calma: pode ser difícil ouvir feedback negativo, mas é importante manter a calma. Respire fundo e tente não reagir impulsivamente.
  1. Não se defenda imediatamente: ouvir o que foi dito pode ser importante para que você cresça e melhore. Leve um tempo para refletir e depois, se necessário, se expresse de forma calma e objetiva.
  1. Não ignore o feedback: Embora possa ser tentador ignorar o feedback negativo, é importante lembrar que é uma oportunidade para melhorar. Encare-o como uma chance de crescer e aprenda com os erros.
  1. Transforme o feedback em ação: Reflita sobre ele e identifique as ações que você pode tomar para melhorar. Concentre-se em soluções e em como pode aplicar as orientações para evoluir.

Para finalizar…

Ken Blanchard diz: “Feedback é o café da manhã dos campeões”. E quem não quer ser um campeão? O feedback é uma ferramenta poderosa para ajudar no desenvolvimento profissional, capaz de fornecer informações valiosas para melhorar o desempenho, aprimorar habilidades e alcançar objetivos.

Porém, não é apenas uma tarefa para ser cumprida, é uma arte que deve ser dominada. É importante saber como dar e receber feedback de forma eficaz para que ele seja realmente útil e transformador. Pessoas colaboradoras, líderes e organizações devem incentivar e praticar o feedback de maneira constante e honesta.

E não se engane pensando que essa prática só deve ser realizada em momentos de crise ou para apontar erros. A avaliação construtiva também pode ser utilizada para reconhecer o bom trabalho, incentivar comportamentos positivos e motivar as pessoas a continuarem evoluindo.

Lembre-se: o feedback não é uma crítica pessoal, mas, sim, um instrumento para o crescimento profissional. Aprenda a recebê-lo com mente aberta e a dar feedback de forma clara, objetiva e construtiva. Afinal, o feedback pode ser o ingrediente que falta para alcançar o sucesso que você almeja!

(Visited 460 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.